45 Motivos Para Odiar o Brasil

Em fevereiro de 2013, um certo cidadão americano fez uma viagem pelo Brasil. Na ocasião, ele havia se casado com uma brasileira. Morou com ela na cidade de São Paulo por três anos.

Quando voltou para casa, o americano estava tão indignado e frustrado com sua experiência no Brasil que resolveu criar uma lista com 66 motivos pelos quais ele odiou o país. Essa lista foi publicada em um fórum na internet que reúne dicas de viagem para estrangeiros e, devido à sincera polêmica, acabou sendo replicada viralmente.

Alguns motivos de ódio expressados pelo americano parecem mais surtos irracionais de raiva do que críticas construtivas e/ou justificáveis. No entanto, a maioria dos motivos são tão reais que geram revolta mesmo no brasileiro mais patriota.

45 motivos para odiar o Brasil

Dos 66 motivos descritos pelo americano, eu selecionei 45 deles, pois os outros são extremamente ofensivos, tendenciosos, exagerados e até impróprios. Confira essa lista adaptada com 45 motivos para odiar o Brasil:

1. Brasileiros têm pouca consideração com pessoas que estão fora de seu círculo social, e muitas vezes são simplesmente rudes. Por exemplo: um vizinho que toca música alta a noite inteira. Se você pedir a ele educadamente para baixar o volume, ele mandará você tomar no cu.

2. Brasileiros são agressivos e oportunistas, geralmente às custas de outras pessoas. É como um instinto de sobrevivência em larga escala, o tempo todo. O melhor exemplo é no trânsito. Se perceberem uma forma de passar você, eles o farão, mesmo que isso possa quase te matar, e mesmo que não estejam com pressa. Os brasileiros se sentem como se precisassem levar vantagem em tudo, sempre que puderem, independentemente de quem é prejudicado como consequência.

3. Brasileiros não respeitam o seu meio-ambiente. Eles despejam lixo em qualquer lugar. As ruas são realmente sujas. Recursos naturais estão sendo desperdiçados numa velocidade surpreendente.

4. Brasileiros toleram uma quantidade incrível de corrupção nos negócios e no governo. Enquanto todos os governos têm funcionários corruptos, é mais óbvio é desenfreado no Brasil, e ainda assim as pessoas continuam elegendo os mesmos tipos de governantes para liderá-las.

5. Brasileiras são excessivamente obcecadas com seus corpos e muito críticas – mais ainda, competitivas – umas com as outras.

6. Brasileiros, principalmente os homens, são altamente propensos à traição. A menos que nunca saiam de casa, as chances são consideráveis.

7. Brasileiros vivem num sistema de classes muito proeminente. Os ricos têm um senso de direito que vão além de sua caricatura. Eles acham que as regras não se aplicam a eles, que estão acima da lei, e costumam ser arrogantes uns com os outros. Os pobres, por sua vez, são tão mal remunerados que quase nunca têm a oportunidade de saírem da zona de pobreza e, portanto, muitas vezes se voltam para o crime, ou simplesmente tornam-se indignados e/ou preguiçosos em seus postos de trabalho.

8. Brasileiros, especialmente os que prestam serviços, são geralmente malandros, preguiçosos e quase sempre atrasados.

9. Brasileiros são muito expressivos ao darem opiniões negativas a respeito dos outros, com alta negligência diante da possibilidade de ferir o sentimento alheio.

10. Brasileiros constantemente interrompem o outro quando está falando. Conversar, então, torna-se uma competição para quem será ouvido.

11. A polícia brasileira é essencialmente inexistente quando se trata de fazer cumprir as leis para proteger a população (como prender bandidos e criminosos). As leis existem, mas ninguém as aplica. O sistema judicial é uma piada e não há ressarcimento justo para aqueles que são roubados ou violados; na verdade, os enganam para serem prejudicados. As pessoas vivem com medo, constroem muros para cercar suas casas e pagam altas taxas para viverem em comunidades fechadas.

12. Eletricidade e sistemas de internet são completamente desconfiáveis.

13. Brasileiros toleram impostos altos e taxas de importação que tornam bens (especialmente produtos de casa, eletrônicos e carros) inacreditavelmente caros. Para homens e mulheres de negócio, seguir as normas e pagar todas as taxas torna o lucro quase inviável. Como resultado, corrupção e suborno são práticas comuns. Burocracia, leis e altos impostos fornecem a oportunidade para corruptos trabalharem “em volta” do sistema. Enquanto isso, consumidores são obrigados a suportar um custo extraordinariamente elevado de vida.

14. O Brasil é quente como o inferno durante nove meses do ano, e não há sistema de arrefecimento, pois as casas não são construídas para incluírem dutos de ar. Então, você sofre por nove meses ou confina-se numa sala com ar-condicionado, e nos outros três meses de frio, você congela à noite.

15. A comida pode ser mais fresca, menos processada e geralmente mais saudável que alimentos na América do Norte ou Europa, mas é sem graça, repetitiva e muito inconveniente. A maioria dos alimentos é feita do zero e, se você não puder pagar por uma empregada que os prepare, gastará bastante tempo na cozinha. Restaurantes não faltam, no entanto, há poucas opções disponíveis para drive-thru que não seja fast-food.

16. Brasileiros são muito sociáveis e raramente passam tempo sozinhos. Isso não é necessariamente ruim, mas eu particularmente não gosto, pois valorizo meu espaço e privacidade. Você é quase obrigado a convidar ou pelo menos estar com amigos e família, do contrário será julgado como anormal por escolher estar sozinho.

17. Brasileiros se mantêm por perto de suas famílias de origem, emocional e geograficamente. Isso também não chega a ser uma característica ruim, mas pessoalmente eu odeio porque me sinto desconfortável e isso afeta meu casamento.

18. Brasileiros tornam tudo inconveniente e difícil. Nada é eficazmente pensado para facilitar a mente de consumidores, além de eles terem alta tolerância a uma burocracia desnecessária e redundante.

19. A qualidade da água é questionável. Brasileiros bebem-na sem morrer ocasionalmente, mas, considerando a corrupção, alta taxação e total falta de aplicação das leis, eu não confio quando o governo diz que a água é totalmente segura e não afetará a saúde em longo prazo.

20. No Brasil, só existe um tipo de cerveja (aguada), que é uma porcaria. E é claro, cervejas importadas são extremamente caras.

21. Raramente as coisas são feitas corretamente da primeira vez. Você precisa voltar ao banco, consulado, escritório, mandar e-mail ou ligar de duas a dez vezes para as pessoas fazerem o seu trabalho.

22. As normas de acabamento das casas são precárias. Janelas, portas, dobradiças, tubos, eletricidade, calçadas, tudo parece ser construído com o menor esforço possível.

23. A melhor maneira de inspirar ódio cego no Brasil? Recusar-se educadamente a comer algo oferecido a você. Não importa o quão válida seja sua razão, isso é considerado um pecado imperdoável e brasileiros vão continuar lhe oferecendo coisas e mais coisas para comer, e mesmo que você recuse novamente, eles continuarão pressionando-o até você ceder e aceitar, ou então irão prendê-lo por desacato.

24. Brasileiros são influenciados a nunca admitir que seu país é um lugar complicado de se viver. O melhor nem sempre é relativo, mas eles concordam que todas as coisas são iguais – por exemplo, que os ricos são melhores que pobres. No Brasil, os menos afortunados são obrigados a pagar e trabalhar muito mais para igualar o alto padrão de vida que é viável em outros países para diferentes classes sociais.

25. Você paga o triplo por produtos que vão quebrar dentro de um ou dois anos, se não antes.

26. A infidelidade é galopante. Esse não é apenas um estereótipo tanto quanto eu gostaria que fosse. Os homens no Brasil são socialmente levados a acreditar que são mais viris por saírem com várias mulheres. Essa atitude é encorajada em seu círculo de amizades. E as mulheres, elas são incentivadas por suas amigas a não gostarem de homens que agem assim.

27. As tendências de moda giram em torno de calças apertadas e abdômens malhados.

28. Nas praias, os sistemas de tratamento de esgoto são ineficazes. Como consequência, algumas pessoas acabam sendo hospitalizadas após passarem determinado tempo no litoral.

29. Nem pense em contar às pessoas que você viajará para os EUA, senão elas pedirão para você trazer iPods, notebooks, celulares, roupas ou itens de mercearia, isso porque esses produtos são muito caros ou estão indisponíveis no Brasil.

30. Inflação!!

31. No Brasil, há desenfreado patriotismo antipático. Onde quer que você vá, os brasileiros irão dizer ou mostrar sempre o que há de melhor.

32. Dificilmente os brasileiros vão entender (ou responder) de prontidão a um estrangeiro falando outra língua.

33. A menos que você goste muito de futebol ou reality shows, não há muito o que conversar com os brasileiros.

34. Brasileiros são muito conservadores, principalmente com comida. Qualquer alimento diferente ou exótico é visto com estranheza ou suspeita.

35. O Brasil é um país de terceiro mundo, com preços altamente inflacionados para produtos com qualidade par. Muitas vezes, as pessoas aderem a planos de pagamento de 12 a 24 meses para comprarem produtos que quebrarão antes de serem pagos.

Agora, especialmente em São Paulo:

36. A maioria dos motoristas de ônibus os dirigem como se quisessem quebrá-los (e isso com todos os passageiros dentro).

37. Três horas e meia de trânsito e engarrafamento toda vez que chove.

38. Ir a shoppings e restaurantes são as atividades principais. Há pouco a fazer na cidade que não envolva comprometer o seu salário, e existe apenas um parque principal, que está sempre terrivelmente lotado.

39. No transporte público, as pessoas irão empurrá-lo ou apertá-lo com muita força e nenhuma consideração. Você fica tão entalado que se torna incapaz de mexer qualquer parte do corpo, inclusive a cabeça.

40. Zero respeito pelos pedestres. Sim, os motoristas observam as pessoas querendo atravessar a rua, mas aceleram seus carros mesmo assim. Na melhor das hipóteses eles buzinam, mas quase nunca fream.

41. Toda a mobilidade da cidade é planejada em função do transporte privado de carros, que custam três vezes o preço em qualquer outro país. Os ônibus são eficientes, mas o transporte público é inconveniente, caro e desconfortável para andar. Consequentemente, o tráfico em São Paulo é considerado um dos piores da Terra (possivelmente o pior).

42. Os paulistanos dizem que São Paulo é “a Nova York da América do Sul”, mas Nova York é civilizada.

43. Quando as calçadas estão em construção, é esperado que você contorne pela rua, porém, muitos motoristas recusam-se a mudarem de direção perante à sua presença.

44. A qualidade do ar é muito ruim, e às vezes cheira a plástico queimado. A poluição em São Paulo está a par dos cenários apocalípticos retratados em filmes de ficção científica da década de 70.

45. Assim como São Paulo, quase todas as cidades brasileiras são hipermodernas, feias, concretas e desprovidas de caráter, beleza e charme. A maioria delas é monótona e semelhante em termos de aparência. Muitos locais e monumentos históricos são programados para futuramente serem demolidos e darem lugar a novos estacionamentos e shoppings. Há massiva verticalização de prédios. Poucos bairros são projetados para caminhar, tomar um café ao ar livre ou conhecer seus vizinhos. Os parques são poucos e distantes entre si, sendo que a carência de árvores e sombra natural concentra o calor do sol em concreto, tornando muitas vezes desconfortável um simples passeio pelas ruas.


Caso você tenha odiado essa matéria, veja então 25 motivos para amar o Brasil. 🙂